Tudo Sobre Casamento que Toda Noiva Deveria Saber
Relacionamento

Tudo Sobre Casamento que Toda Noiva Deveria Saber

perguntas e respostas sobre casamento
Written by Lidianne

O casamento é a união de duas pessoas que se gostam e pretendem passar um longo período juntos. Pretendem ainda formar uma família, dividir seus pertences e sentimentos. Mas os noivos as vezes são pegos de surpresa. É comum ter dúvidas, questionamentos ou incertezas sobre o futuro. Para ajudar no assunto reunimos as principais perguntas e respostas sobre casamento. Confira!

perguntas e respostas sobre casamento

O que você precisa saber sobre casamento

Nem todo mundo compreende tudo sobre casamento. Nem todos pensam a respeito do futuro e são surpreendidos por questionamentos comuns, dúvidas e incertezas. Para ajudar neste período de transição de ‘solteiro’ para o status de ‘casado’ reunimos alguns questionamentos compartilhados por casais. Em outras palavras, temos a respostas das principais dúvidas dos noivos.

Vocês vão dividir tudo!

Esta ideia não costuma ser clara durante a prova do vestido de noiva. Alguns casais costumam ter cada coisa em seu lugar enquanto solteiro e não conseguem dividir copos ou pratos. Então….isso vai mudar. É preciso se acostumar com a ideia de abandonar o individualismo e ter alguém olhando suas coisas, pegando uma meia emprestada sem aviso ou mexendo suas canetas de lugar.

E vai ficar tudo bem porque é seu marido e casamento é assim, dividir coisas.

A vida do casal deve ficar a dois

Alguns solteiros mantém o bom costume de dividir os acontecimentos dentro de casa com os amigos, mas se incomodam quando os amigos opinam sobre a vida a dois. A conversa sobre intimidade deve ficar sempre entre quatro paredes para não permitir que outros opinem, conversem em rodas de amigos ou mesmo criem piadas ou brincaderias de mal gosto.

A exposição em excesso costuma gerar desentedimentos entre casais e evitar é uma boa pedida.

Brigas vão acontecer mas são solucionáveis

Desentendimentos são comuns entre amigos, entre namorados e não seria diferente entre marido e mulher. De vez em quando alguém vai tirar o sorriso do rosto. Em alguns casos pode ser necessário ficar sem se falar por um dia ou mais. Mas o amor resiste e todo bom casal se entende no final.

O melhor a ser feito é manter o diálogo aberto, se possível desde o namoro. Assim o casal cria um vínculo de confiança, um espaço seguro para discordar sem brigar.

É preciso pensar no outro antes de gastar

Enquanto solteiro seu salário é só seu. Enquanto casado também, mas que tal amadurecer a ideia da necessidade de dar suporte financeiro ao outro nos momentos de crise? Em uma vida a dois um período de desemprego ou necessidade maior de gastos é do casal e não apenas de um. Neste caso é interessante reavaliar alguns gastos individuais.

Não é necessário freiar sonhos, projetos e algo do tipo. Entretanto é preciso pensar no outro antes de gastar tudo, em especial se há uma situação de desemprego ou alguém ganhe menos.

Use o bom sendo na agenda de divertimento

Ao marcar uma agenda a dois é importante pensar sobre casamento. Isso porque o programa precisa agradar aos doiso. Nem sempre isso será possível, sabemos, mas é interessante levar o companheiro em consideração.

O que fazer? Balancear as opções. Você pode hoje assistir a um filme de terror, por exemplo, sua preferência, e semana que vem ir ao parque porque o marido ou esposa gosta. O bom senso sempre é uma boa pedida.

Sua sogra vai querer inteferir e cabe a você dizer não

A sogra é a mãe, seja ela mãe do noivo ou da noiva. Ela se sente parte do casamento e não importa quantos “nãos” receba. E não adianta tentar argumentar com o filho (a). O melhor a fazer é determinar até quando ela pode penetrar na relação.

Não espere até a primeira crise de relacionamento acontecer para impor a sua vontade. Mantenha claramente (com palavras)

Diga o que quer e discorde quando precisar

Não dá para esperar do parceiro uma posição quando você não deixou claro a sua vontade. E um dos maiores problemas de relacionamento das pessoas é a ausência de diálogo. Logo, mantenha uma porta aberta para se expressar e seja claro quanto a sua opinião.

Não é justo aguardar, por exemplo, um convite para um cinema em uma sexta feira se você não expressou o desejo de ir a tal lugar. Não dá para se frustar com algo que não foi externalizado.

Cobrar tudo do outro é um erro

Cobranças geram brigas e desentendimentos. As vezes até o fim do casamento. Que tal agir mais e cobrar menos? Assim o outro se sente parte das atividades e acabará por se unir sem precisar ser cobrado. Fazer, as vezes, é uma forma de incentivar o outro a fazer sem a cobrança verbal.

Nem sempre você deve discordar

As vezes o outro está tão empolgado com a ideia a ponto do apoio moral ser o mais indicado. Uma palavra amiga é o esperado de uma esposa ou marido e não um ‘banho de agua gelada’. É interessante apoiar mesmo sem concordar tanto com a idade só para ver o marido feliz.

E se há algo mais vivencidado na sua relação sobre casamento que tenha desejo de compartilhar é só deixar nos comentários abaixo.

 

 

Sobre o autor

Lidianne

Deixe um comentário