Como Organizar Uma Lua de Mel Barata: Dicas e Truques
Lua de Mel

Como Organizar Uma Lua de Mel Barata: Dicas e Truques

dicas para organizar uma lua de mel barata
Written by Lidianne

Para muitos casais planejar a lua de mel significa apertar as contas por longos meses ou até contrair uma dívida. Um grande erro. É completamente possível organizar uma lua de mel barata com excelentes destinos e boa hospedagem. Como fazer isso? As dicas a seguir podem ajudar.

dicas para organizar uma lua de mel barata

Dicas para organizar uma lua de mel barata

A maior parte dos casais quer uma lua de mel. Muitos a desejam ansiosamente mas preferem ficar perto de casa, enquanto outros sonham em conhecer lugares novos e curtir como nunca fizeram na vida.

Seja no formato simples ou com algo luxuoso, a verdade é que há um desejo enorme por uma “honeymoon”. Mas como fazer para tornar esta celebração barata? As dicas a seguir podem te ajudar.

1 – Fuja da alta temporada do turismo

Esta é a principal estratégia para se conseguir uma lua de mel barata. Viaje quando a maior parte das pessoas está em casa ou preso ao trabalho. Assim você terá os melhores preços de hospedagem, de prestação de serviços(como fotógrafos, por exemplo) e até mesmo de compras de lembrancihas.

E quando seria a baixa estação de uma cidade? Depende do seu destino. Em primeiro lugar você deve estudar a cidade a qual está indo. No Brasil, por exemplo, o período de maior procura de viagens é nos meses de férias escolares: dezembro, janeiro e julho. Nos demais meses as atrações turísticas tendem a baixar o valor.

O período de baixa temporada de uma cidade varia de acordo com os feriados nacionais e locais, com as férias escolares do país ou da região e com as estações do ano. Esse estudo deve ser feito com cautela e sempre analisando fontes confiáveis, bem como as preferências do casal.

2 – Procure por hospedagens alternativas

O primeiro impulso do casal é analisar os melhores hotéis e com várias estrelas para uma bela hospedagem pós casamento e curtir um romance incrível. Contudo, isso tem um custo. Quanto mais chique for o hotel mais caro você vai pagar. 

Há, porém, alternativas legais para uma lua de mel barata e nem por isso menos prazerosa. Você pode se hospedar bem e até com mais privacidade em algumas opções como:

  • Alugar uma casa ou apartamento no Airbnb – muitas pessoas alugam quartos, apartamentos e casas completas com excelentes valores valores. A economia pode ser de mais de 40%. Infelizmente alugar um espaço completo envolve fazer refeições fora, mas você fica sem hóspedes e livre para ouvir sua música, talvez um banho de piscina noturno e muito espaço;
  • Buscar pousadas estilo residencial –  muitas pessoas abrem pousadas a partir de uma casa. Este estilo de hospedagem te faz pagar menos e ter um melhor serviço em muitos casos. Um ambiente menor pode proporcionar uma melhor limpeza, mais atenção com o cliente e um café da manhã estilo caseiro bem mais agradável;
  • Alugar uma casa na praia – a viagem dos sonhos com um custo mais baixo que uma hospedagem e alternativas de diversão como um churrasquinho a dois;
  • Pedir emprestado uma casa de praia do amigo – Nesta opção o custo é zero e muitos amigos até oferecem como ideia para curtir.

3 – Planeje em casal o acúmulo de milhas

Um dos principais motivos para uma viagem não ser tão barata é o custo com o translado aéreo. E se for uma viagem internacional então….dependendo do lugar a passagem de avião pode custar metade do valor total do passeio. O que fazer? Milhas!

Cartões de crédito e débito estão oferecendo planos legais (e que funcionam!) de milhas para viagens. E não é complicado de conseguir juntar milhas não, ok? Em alguns planos o simples ato de pagar a fatura já te rende alguns pontos. Leia as regras com atenção e comece a ajudar com o noivo(a) suas milhas para comprar as passagens aéreas o quão breve for possível.

4 – Analise as cortesias envolvidas em pacotes de viagens

Uma lua de mel barata também pode ter serviços extras para agradar aos recém casacos considerados clássicos como uma massagem relaxante, spa para casais, dentre outros. Em muitos hostéis você paga por todos eles mas pode economizar um pouco negociando isso diretamente com a hospedagem.

5 – Faça seu pacote sozinho

A praticidade de contratar uma agência de viagem é convidativa, sabemos disso. Entretanto, quando estamos buscando uma lua de mel barata pode se fazer necessário sentar em uma cadeira e com calma montar seu próprio pacote. Em outras palavras, partir para o estilo “faça você mesmo”.

Pode parecer incomum para você que adora ser prático e fechar pacotes completos com alguns cliques. As agências de viagem adoram esse tipo de cliente porque conseguem “empurrar” serviços caros e sem muita saída. O fechamento de pacotes é a chance de alguns agentes de turismo de conseguir clientes para restaurantes não tão legais e bem caros, hoteis não tão procurados e fornecedores mais caros. Nem toda agência é assim, logicamente, mas acontece bastante.

Que tal montar seu pacote? Faça uma busca em sites como o Trivago, Hotel Urbano e Decolar.com e leia a opnião de quem já usou alguns serviços antes de contratar buscando os melhores preços. Uma busca no site Reclame Aqui sobre o serviço a ser contratado também te garante mais segurança e sem futuros problemas.

6 – Procure destinos menos óbvios

Enquanto todo mundo quer ir para a Disney em Janeiro ou Gramado em Julho, que tal ir na contramão e buscar endereços menos procurados? No Brasil, por exemplo, há muitas cidades lindas e destinos incríveis sem gastar tanto com excelentes prestadores de serviço. O mesmo serve para uma viagem internacional.

7 – Faça uma lua de mel posteriormente

Se no período do seu casamento tudo é muito caro, que tal ser um pouco diferente e buscar uma data alternativa? Casar em maio mas organizar uma viagem em junho pode ser uma opção se os valores ficarem mais em conta.

Esperasmos que as dicas listadas acima te ajudem a programar uma linda lua de mel barata, hein! Mas caso tenha mais dúvidas é só deixar nos comentários e respondemos o quão breve for possível.

Sobre o autor

Lidianne

Deixe um comentário